6 comentários em “Crítica – D.O.M.

  1. E eu achando que beber cerveja era caro! hahaha
    É cara, não é pra todos os DOM mesmo não. Um dia quem sabe eu ainda não como lá. E bem maneiro mesmo o Atala ir nas mesas e apresentar a cozinha pra todos. Esse estilo fusion molecular contemporâneo dele também me traz mais curiosidade que realmente vontade.
    Eu estou terminando de ler um livro irado dele: Escoffianas brasileiras. fala sobre cozinha, sobre o DOM e sobre ele. irado. dei uma parada por causa do Larousse da Cerveja, mas tudo bem haha
    e como era a carta de cervejas? hahaha
    abração cara

    • O Escoffianas é dele né… já li um pouco e parei! Quero retomar… um dia ainda vou postar sobre o Escoffier, de onde ele tira o nome e tal!

      A carta de cervejas eu nem cheguei a ver… admito… kkkkkkk! Tava tão querendo só a comida que só tomei coca e água mesmo!

      Abração!!

  2. Thiago querido estou de boca aberta com esse post, junto sua experiência nesse restaurante!
    Para mim não teria sido nenhum sacrifício comer o menu degustação contigo hehe
    Acho que nunca li um post sobre o D.O.M.! Fiquei positivamente impressionada com a genialidade do menu (e orgulhosa pelo Atala também).
    Acho que o que mais gostei, foi que você se concentrou em nos contar da comida. Eu não bebo e não entendo de vinhos, por isso!
    Parabéns!
    Um abraço, Queila

    P.s.: queria te dar um “feedback”. Quando comecei a comentar em outros blogs, eu não assinava meu nome. As pessoas começaram a me chamar pelo nome de meu blog. Achei isso um pouco estranho. Até que a Galu do Quitandoca, me foi lá no blog procurar pelo meu nome hehe. Aí mudei a minha postura na hora de comentar em outros blogs. Depois que passei a assinar meu nome depois do comentário, o retorno foi muito mais real. Só tô querendo ajudar, te contando minha própria experiência 😉
    Se ficar chateado, peço desculpas. Pode até apagar esse comentário ou a parte do p.s. tá! Outro abraço 😉

    • Que bom que gostou!! Recomendo muito a ida no D.O.M.!! =)

      Com relação aos vinhos é meio que um medo também… kkkkkkk! Acho que nunca experimentei um vinho bom de verdade para falar que não gosto de vinho… mas tenho medo de provar e gostar! Se já gasto tanto dinheiro assim com comida, imagina se eu gostar de vinho bom (isto é, caro!)??? Aí não terei mais dinheiro para nada… =P

      E essa história de comentar em outros blogs é complicado mesmo… vou assinar os comentários mesmo pra “dar uma cara” pra quem escreve mesmo! Valeu, Queila!!

      Abraços, Thiago!

Comente aí! =P

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s